Notícia blog teste

A legislação foi aprovada no Conselho de Ministros de 10 de janeiro sem ter passado pelo Parlamento. Aguarda pela promulgação do Presidente da República. A solução, que era já há muito pedida pelo setor imobiliário, tinha sido prometida pelo ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira.

A introdução dos REIT em Portugal pode trazer mais subidas nos preços do imobiliário. Isto numa fase em que, segundo um relatório de dezembro do Banco de Portugal, “nos trimestres mais recentes, observam-se alguns sinais, ainda que limitados, de sobrevalorização dos preços do imobiliário residencial em termos agregados, sendo que se poderão observar situações de sobrevalorização mais acentuada a nível regional/local”. Os preços da habitação sobem mais de 30% desde 2013. Em Lisboa, só no ano passado, houve crescimentos acima de 20%. Os especialistas do setor admitem que a entrada em cena das SIGI possa levar a mais aumentos dos preços. “Esse é um raciocínio lógico, por via de se pensar que atraindo mais investimento, logo mais procura, os preços sobem”, diz Pedro Coelho, administrador da Square, responsável pela gestão do fundo imobiliário CA Património Crescente. No entanto, o gestor considera “que se deve ter uma visão mais estrutural e de longo prazo”. Defende que “teria sido bom existirem há mais tempo” e que “mais depressa os preços caem pelo aumento das taxas de juro ou aumento da oferta do que sobem pela entrada dos REIT”.